FECAM estima que Piratuba deixará de arrecadar mais de 6 milhões de reais em três anos com redução do ICMS

A FECAM - Federação Catarinense dos Municípios - soltou estudo estimando quanto cada cidade catarinense deixará de arrecadar se o projeto que limita a 17% o ICMS nos combustíveis for aprovada. A redução também abrange serviços de energia elétrica, telecomunicações e transporte coletivo.

Segundo estimativas da federação, Piratuba deixará de arrecadar até 2024, mais de 6 milhões de reais. As perdas se acentuam a partir do próximo ano (2023) e se acentuam em 2024.

O texto vai a votação no senado nesta segunda-feira, 13 de junho. SC cobra atualmente 25% no ICMS em combustíveis.

Outras Notícias

Concessionárias Carboni Fiat de Videira e Joaçaba estão com a nova cara da FIAT

A experiência do cliente, o conforto e a tecnologia são características da marca FIAT em todo o mundo. Em linha com a...

Inflação muda comportamento dos brasileiros, mostra pesquisa

Com o orçamento apertado, um em cada quatro habitantes no país não consegue pagar todas as contas no fim do mês. A co...

Pronampe: em uma semana, o Sicoob já prospectou mais de R$ 1 bilhão para cooperados

A instituição financeira cooperativa tem a expectativa de liberar R$ 5 bilhões na nova rodada do programa Com o l...

Sancionada lei que garante programa habitacional em Santa Catarina

A sanção da Lei 18.482, de 1º de agosto deste ano, feita pelo governador Carlos Moisés, institui o programa habitacio...