CASCAVEL - Chopp é servido em velório: 'ele não queria choro ou tristeza'

Fato tem chamado a atenção nas redes sociais e ocorreu no velório do 'mestre do automobilismo' João Ferrari.

Têm circulado nas redes sociais imagens mostrando um velório diferente, realizado em Cascavel/PR, dia 27.

A despedida ao homem, ligado ao mundo do automobilismo, teve direito a chopp.

Apesar de inusitado, o fato não é motivo para deboches ou piadas. Tratou-se do atendimento de um pedido de João Ferrari, antes do falecimento.

Segundo familiares, Ferrari queria que não houvesse choro ou tristeza pela partida e sim comemoração pelo que ele viveu nas passagens alegres com a família e amigos.

O homem pediu, uma semana antes da morte, que houvesse cerveja no dia do funeral.


O ato diferente tinha como objetivo unir os amigos e familiares, mostrando que a morte não é o fim.

João Ferrari tinha 70 anos e faleceu no Hospital São Lucas, onde estava internado para tratar uma pneumonia. Ele era considerado um mestre na preparação de motores, contribuindo muito para o crescimento do automobilismo.

Ferrari começou sua trajetória preparando motor para a inauguração do Autódromo de Cascavel e, desde então, teve grande destaque no setor, sendo seu nome sinônimo de competência.

O velório de João Ferrari ocorreu na Capela Master da Acesc e o sepultamento ocorreu no cemitério Guarujá.

Fonte: ROBERTO LORENZON
A.M

Outras Notícias

Governo federal volta atrás e o horário de verão deve começar em 4 de novembro

Pela terceira vez, o governo federal alterou a data de início do horário de verão. Conforme a assessoria do Palácio d...

Justiça suspende adoção das placas do Mercosul no Brasil

A Justiça suspendeu na última quarta-feira (10) a adoção das placas do Mercosul no Brasil. A decisão é da Desembargad...

Governo prepara editais de concessão de serviços em parques nacionais

O governo federal prepara editais de concessão de alguns serviços para a iniciativa privada em 11 parques nacionais a...

RS soma 131 mil pontos sem luz na noite desde domingo

A noite de domingo está às escuras para 131 mil residências no Rio Grande do Sul, de acordo com o balanço das empresa...