IPVA 2019: parcelamento em três vezes sem juros termina hoje

Proprietários de veículos com placas que terminam em 4, que optarem por pagar o IPVA em três vezes sem juros, devem quitar a primeira parcela até esta quarta-feira, 10 de abril. As demais parcelas têm vencimento no dia 10 dos meses seguintes, neste caso, maio e junho. O prazo para pagamento do imposto em cota única é 30 de abril.

Já os contribuintes com veículos placas final 3 e 2 podem pagar a segunda parcela e a terceira parcela do imposto também no dia 10, respectivamente.

Em 2019, os catarinenses estão pagando, em média, 3,2% a menos de IPVA do que no ano passado. O índice representa a desvalorização dos veículos em relação a 2018 de acordo com a tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), utilizada pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) como base de cálculo. Em Santa Catarina, o tributo varia entre 1% e 2% do valor venal do veículo.

Tributação

Dos 5 milhões de veículos em circulação no Estado, 3,3 milhões são tributados. Os demais têm isenção e/ou imunidade (veículos antigos, táxis e portadores de deficiência). Motocicletas até 200CC estão isentas, condicionada a que não lhe tenha sido aplicada penalidade por infração de trânsito, no ano anterior, no caso 2018.

Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Fazenda
Michelle Nunes

Outras Notícias

Um ano após greve dos caminhoneiros, preço do diesel está maior

Um ano depois da paralisação dos caminhoneiros, que teve início em maio de 2018, a categoria desembolsa valores ainda...

Petrobras eleva o preço do botijão de gás em 3,4% a partir do domingo

RIO - A Petrobras vai reajustar o preço do gás de botijão de 13 quilos (O GLP residencial) a partir de domingo (dia 0...

Desemprego sobe para 12,7% em março e atinge 13,4 milhões de brasileiros

A taxa de desemprego no Brasil subiu para 12,7% no trimestre encerrado em março, atingindo 13,4 milhões de pessoas, s...

Bolsonaro confirma sinal verde para plano de privatizar Correios

O presidente Jair Bolsonaro confirmou rumores divulgados na semana passada sobre a privatização dos Correios: o gover...