Amigos encontram dono de carteira com R$ 10 mil após campanha no Facebook

Dois moradores da Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, deram um exemplo de caráter nas redes sociais. Na segunda-feira de Natal (25), os amigos Marcos Nascimento e Marcelo Farias encontraram uma carteira cheia de dólares, euros e reais jogada em uma praia de São Gonçalo, na capital fluminense. A soma era equivalente a R$ 10 mil.

Incomodados, os dois decidiram publicar imagens da carteira e do documento que estava dentro dela para procurar o dono. O post viralizou no Facebook:

Enquanto esperavam a repercussão na web, a dupla passou a visitar hotéis da região. Levaram apenas uma hora até encontrar o dono: um argentino que passava as festas de fim de ano por ali, em uma estadia cinco estrelas.

— Ele ficou muito feliz, agradeceu muito, pulou de alegria —, conta Marcelo, em entrevista ao G1.

Como recompensa, o argentino presentou a dupla com uma nota de 100 dólares, o equivalente a R$ 330, e que já tem destino certo:

— A gente está sabendo que tem uma família lá na Rocinha que a casa pegou fogo, aí a gente está pensando em dar essa força para eles.

Sobre a devolução da carteira, a dupla acredita que "honestidade é obrigação". Nas redes sociais, os elogios correram soltos a Marcos e Marcelo:

DC/SC
A.M

Fotos

Outras Notícias

Presidente da Croácia vai à Rússia com dinheiro próprio e faz sucesso na Copa

Dentre os 4,1 milhões de habitantes da Croácia, um, em especial, está chamando a atenção nesta Copa do Mundo. Uma, na...

Verdão do Oeste repudia comentários de "torcedores" do Atlético-MG

A Associação Chapecoense de Futebol vem a público a fim de manifestar o repúdio aos comentários publicados, nas redes...

Crocodilo mata pastor durante batismo em lago da Etiópia

Um crocodilo atacou e matou um pastor protestante que realizava um batismo de fiéis no Lago Abaya, em Arba Minch, no ...

Caminhões ficam enfileirados em baixo de ponte para evitar suicídio

Uma cena inusitada chamou a atenção em uma rodovia que corta Detroit, nos EUA: 13 caminhões estavam enfileirados sob ...