Santa Catarina terá programa Internet para Todos

Em reunião com o ministro de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, nesta segunda-feira, 11, na Casa da Agronômica em Florianópolis, o governador Raimundo Colombo conheceu o Programa Internet para Todos, que pretende levar internet banda larga a áreas rurais e localidades que ainda não têm o serviço. Santa Catarina será o primeiro Estado a receber os pontos de conexão com a rede a partir do próximo ano.

“Santa Catarina é o Estado certo para ser o pioneiro neste projeto. Temos uma boa distribuição demográfica, uma força muito grande na área rural e um trabalho já feito junto com o ministério nas escolas. Esse é um passo decisivo com o satélite lançado em maio (deste ano), que permite desdobrar e chegar internet a todos os cantos do Estado, principalmente na área rural”, destacou Colombo.

Objetivo do programa é promover o atendimento a localidades e distritos, onde inexiste a oferta de acesso à internet. A viabilidade do programa é devido ao lançamento do satélite brasileiro, lançado em 4 de maio de 2017, com capacidade de levar internet para 100% do território brasileiro a uma velocidade de 58 gbps em banda ka, com 67 feixes.

O ministro Kassab disse que esse é maior projeto de inclusão social que se estabelece no Brasil hoje. “Sempre digo, usando como comparação que vale a pena lembrar o que é a vida de uma criança com internet e sem internet. Esse projeto começa por Santa Catarina e, com certeza, ainda em fevereiro de 2018, estaremos levando nos primeiros pontos do Estado a internet para todos”.

Ao todo serão cerca de 40 mil pontos disponibilizados, que também serão usados para defesa, educação e saúde. O município que quiser participar deverá se inscrever e se for selecionado será responsável por ceder um terreno, além de custear despesas de energia elétrica e segurança do local. O governo federal fará a instalação de todo o equipamento sem custo para as prefeituras.

Também participaram da reunião o presidente do Ciasc, Ivan Ranzolin; o presidente da Fapesc, Sergio Gargioni; o secretário adjunto da Agricultura e da Pesca, Airton Spies; o secretário executivo do Programa SC Rural, Júlio Bodanese; e 12 prefeitos.

Fonte: RÁDIO BELOS MONTES
A.M

Outras Notícias

Golpe no WhatsApp afeta 20 mil pessoas em 24 horas oferecendo recarga grátis

A empresa de cibersegurança PSafe identificou um novo golpe de WhatsApp que atrai suas vítimas prometendo R$ 70 em re...

WhatsApp : mais tempo para apagar mensagens e respostas automáticas

O WhatsApp recebeu novos recursos durante o mês de março, como a descrição em grupos, mas também foi alvo de polêmica...

Governo cria documento digital para unificar RG, CPF e título de eleitor

O governo federal lançou, na segunda-feira (5), o Documento Nacional de Identificação (DNI), um aplicativo que vai re...

WhatsApp virou o principal canal do cibercrime no Brasil; saiba se proteger

Nos últimos anos, o fluxo de notícias sobre golpes realizados em aplicativos mensageiros cresceu de maneira expressiv...